Categories
Hospedagem de Podcast

Transistor: é bom?

conheça este host de podcast
prós, contras, valores e mais
⭐⭐⭐⭐⭐

Dentro do expansivo cenário de serviços de publicação e hospedagem de podcasts, Transistor.fm é uma promessa de injeção de vitalidade e praticidade. A empresa foi criada em Chicago, Illinois, em 2017 por dois jovens colegas. 

Desde então, a marca vem crescendo e agrega tanto empresas bem-estabelecidas quanto usuários menores entre seus clientes. A proposta de serviço do Transistor.fm é bem-definida: prover um serviço para pessoas que usam o podcast como um meio de construir uma marca e fazer crescer a audiência. 

Por isso, pode não ser a escolha número um de quem se interessa a produzir podcasts por hobby, e sim de quem está voltado para numa orientação comercial.

Transistor.fm traz análise de métricas, a possibilidade de criar múltiplos programas a um preço mensal não muito elevado. É uma empresa com literalmente menos de uma dúzia de empregados, buscando seu lugar num ambiente supercompetitivo e suas armas são mostrar bons diferenciais ante os concorrentes.

Abaixo, esmiuçamos os principais recursos dessa nova ferramenta, que tem ganhado escala em seu ramo.

Como criar uma conta

O registro no Transistor.fm é simples de se fazer:

  • Selecione a opção de registro no topo da tela (“Sign up”)
  • Informe seu nome, e-mail, senha e dados do cartão de crédito
  • A conta está criada!

Não é possível fazer o cadastro sem inserir os dados de pagamento. No entanto, a empresa oferece um período de teste gratuito de seus serviços com prazo de 14 dias. Passado esse período, a mensalidade passa a ser cobrada – leia mais adiante sobre planos, preços e serviços ofertados.

Publicação no Transistor

Transistor.fm oferece todas as funcionalidades mais comuns de um publicador e hospedeiro de podcasts. 

Além disso, o site visa a simplificar ao máximo sua interface. Assim que o cadastro é feito, o usuário pode criar um novo podcast ou importar um existente para sua página.

Para criar um podcast, o usuário informa o nome, a descrição e as categorias em que o programa se enquadrará, além de algumas outras informações básicas e uma imagem de capa.

Feito isso, a página do podcast será criada e os episódios poderão ser carregados para a plataforma.

Para importar um podcast de outro serviço de hospedagem, basta colar o endereço do feed RSS na barra de importação. Um novo feed RSS será criado no Transistor.fm. Em seguida, o produtor do podcast terá que notificar o serviço de hospedagem original de que mudou o endereço do feed.

Diferentemente de opções de hospedagem como Spreaker ou Podbean, o Transistor.fm não dispõe de serviços de transmissão ao vivo ou gravação de podcast no ato. Sua ênfase é na promoção do programa e no controle de audiência.

Funcionalidades do Transistor

Métricas

O serviço de análise dos programas é adequado para quem quer promover o programa e fazê-lo ganhar corpo com o passar do tempo. Transistor.fm apresenta os critérios de análise mais relevantes para obter sucesso nessa empreitada:

  • Total de downloads
  • Média diária de downloads
  • Gráfico de linha do tempo, que permite ver tendências
  • Aparelhos em que o programa foi escutado
  • Quantidade total de horas escutadas
  • Tempo escutado em cada aparelho de reprodução
  • Porcentagem do programa ouvida
  • Origem dos ouvintes (países)

Além dessas e de outras métricas relevantes, o produtor do podcast poderá integrar seu programa com a leitura de métricas de outras plataformas, como o Chartable. Para isso, deverá apenas colar o número de identificação da ferramenta no campo específico das “Configurações avançadas” do programa. 

Múltiplos podcasts

Este talvez seja o principal diferencial da plataforma: ofertar a possibilidade de o mesmo usuário criar vários podcasts diferentes sem custos adicionais.

Pode parecer uma vantagem menor, mas a empresa não oferece limites para a quantidade de programas criados por pessoa. Em muitas boas ferramentas de hospedagem de podcasts, o usuário deve pagar adicionalmente para cada programa a mais que deseje criar.

Obviamente, esse recurso tem limites. As limitações que o Transistor.fm oferece são o número de usuários participantes no mesmo podcast e a quantidade de downloads mensais de programas. Essas duas variáveis crescem conforme mais completo seja o plano de assinatura do site escolhido pelo usuário.

Mesmo assim, com opções de transmissão em streaming suplantando o download globalmente, a vantagem dos múltiplo podcasts tende a superar as restrições impostas.

Atendimento ao cliente em tempo real

Um formulário de atendimento, perguntas mais frequentes e redes sociais são os meios oferecidos pelo serviço para responder às demandas dos clientes. O atendimento é feito em inglês.

Não conta com aplicativo

O Transistor.fm não oferece aplicativo para dispositivos móveis. Todos seus serviços são acessados por meio do site – que também pode ser navegado em dispositivos móveis.

Visual limpo

A interface limpa do site é um dos destaques do Transistor.fm. Há poucas seções e a navegação é bastante intuitiva e visual.

O visual básico e funcional também se aplica ao botão para anexar o podcast em páginas pessoais – embora somente o plano mais caro dá direito à remoção total da marca do Transistor.fm do botão.

Eu posso agregar meu podcast a outros lugares? 

Um produtor de conteúdo sem vitrines é um criador mudo. Uma das vitrines ofertadas pelo Transistor.fm é uma página para o podcast do criador. Outra, é o código embed, feito para colar numa eventual página do criador do podcast.

Além dessas opções, o site permite automatizar o envio dos programas para os principais aplicativos e agregadores de podcasts:

  • iTunes
  • Spotify
  • Google Podcasts (geração de link)
  • Google Play
  • TuneIn
  • Pocket Casts
  • Castro
  • RadioPublic
  • Breaker Audio
  • Stitcher
  • Pandora
  • Himalaya
  • Player.fm
  • The Podcast App
  • Podcast Addict
  • Mixcloud
  • Overcast
  • Castbox

Por fim, Transistor.fm também permite automatizar o envio de boletins (newsletters) e listas de e-mail do site do podcast aos seus ouvintes. São muitas opções – não à toa, a facilitação da promoção de podcasts é o diferencial de serviço de hospedagem!

Planos e Preços

Conforme já foi comentado brevemente, o Transistor.fm não oferece opções gratuitos, mas sim um período-teste promocional de 14 dias. São três planos possíveis: 

  • “Starter” (iniciante) – US$19 ao mês
  • “Professional” (profissional) – US$49 ao mês
  • “Business” (negócios) – US$99 ao mês.

Também é possível assinar pagando anualmente (valor descontado numa só vez) e obter um bom desconto: os valores são multiplicados por 10 vezes, o que significa que o cliente leva dois meses de graça. Levando em conta que esse é um serviço em dólar, cujas oscilações têm atingido picos, pode ser um desconto interessante.

O plano para iniciante dá acesso a todos os recursos já citados no artigo. Também permite adicionar, no máximo, dois usuários como participantes de cada podcast e suporta 10 mil downloads mensais por parte de ouvintes.

Os planos profissional e de negócios (para empresas) aumenta o número de usuários em cada podcast, respectivamente, para 5 e 10.  O número de downloads sobe para 50 mil e 150 mil. 

Ambos os planos mais caros também permitem oferecer podcasts privados – especialmente útil para criadores pagos por assinatura e para fins empresariais, comunicação interna etc. O que varia entre os dois planos são o número de podcasts privados permitidos (profissional, 1; negócios, 3) e número máximo de assinantes (500 ou 1 mil).

Avaliação final

Transistor.fm entrou no mercado da hospedagem de podcast com a mentalidade de cobrir um nicho específico e muito importante dentro do processo de produção de programas, que é o de análise de audiência e promoção.

Com ferramentas automatizadas e um visual limpo, essa pequena empresa ainda pode chegar longe se mantiver o padrão de serviço. Criadores e empresas grandes como VH1 e Kickstarter aderiram a esse serviço de hospedagem, enxergando o potencial de criar formatos para diferentes públicos e experimentar com produções sem custos adicionais.

Se a conta em dólar não for um cruz mensal para carregar e os atributos incluídos nos pacotes do Transistor.fm servem aos propósitos de produção, o serviço é definitivamente uma opção relevante.