Categories
Plataformas de Cursos Online

Teachable: é bom?

desenvolvimento de curso com estética na web
prós, contras, valores e mais
⭐⭐⭐⭐⭐

Cursos online são uma modalidade amplamente explorada por qualquer profissional ou amador que queria expandir seus conhecimentos em virtualmente qualquer área e, naturalmente, sem o incômodo de ter que se deslocar até uma instituição especializada.

Sabendo disso, é hora de dar uma olhada do outro lado da mesa. Ao invés de falar sobre cursos disponíveis para serem feitos pela web, vamos tratar de uma plataforma na qual é possível para qualquer profissional criar seu próprio curso e oferecê-lo para potenciais alunos na internet.

O site do qual trata este review é o Teachable, um dos mais importantes no segmento e que já conta com 10 milhões de estudantes utilizando seus serviços. Vamos analisar os recursos, preços e muito mais dessa empresa fundada em 2014 e em constante expansão.

O que o Teachable oferece?

Já demos uma boa descrição do conceito básico por trás do Teachable: plataforma para criação de cursos de toda a espécie por qualquer um que queira. Quem não está familiarizado pode achar que se trata de algo sem validade oficial, mas não é bem por aí, e explicaremos o porquê.

Existem basicamente duas maneiras de utilizar o Teachable, e ambas já devem estar bem óbvias a esta altura: ensinar e aprender. Neste artigo vamos focar mais na parte do desenvolvimento do próprio curso, de modo que potenciais estudantes também possam aproveitar o review, já que, afinal, estaremos debatendo o produto que eles poderão adquirir.

Com mais de 12 mil clientes criando cursos ao longo dos últimos 6 anos, é impossível cravar uma temática específica para o que se encontra na plataforma – é de tudo um pouco. Algumas áreas, porém, merecem destaque. São elas: 

  • Arte
  • Saúde 
  • Negócios
  • Dia a Dia (jardinagem, culinária, etc.)
  • Ciências teóricas e práticas
  • Línguas
  • Design
  • Música, Arte e Fotografia

Os exemplos não se limitam a esses nichos, e é possível encontrar virtualmente de tudo, de aulas de guitarra aplicada em jazz até como se tornar um profissional no cuidado de pets – e tudo que pode existir no meio disso.

Indo além do conteúdo e chegando à forma: o site é de layout agradável e intuitivo de navegação, porém é todo em inglês, o que quer dizer que a barreira do idioma pode se tornar um problema para quem não estiver confortável com isso. Uma vez criado o curso, porém, é possível fazê-lo em qualquer idioma do mundo, à escolha do cliente.

Quando acessar a plataforma não deixe de explorar ao máximo os recursos oferecidos pelo site. Para os potenciais desenvolvedores, páginas e mais páginas com exemplos, perguntas frequentes, posts de blog, podcast e muitos outros recursos estão disponíveis antes mesmo de se fazer algum cadastro.

A popularidade crescente do Teachable não se restringe a profissionais experientes. Cada vez mais jovens empreendedores e interessados que ainda podem se considerar apenas amadores se tornam parte da plataforma, que é simples o suficiente para não espantar os menos experientes, mas não simplória para afastar os usuários avançados.

Falaremos em detalhes sobre a criação do curso e os recursos de administração, mas já é válido adiantar que se trata de uma plataforma bem limpa, cujos cursos ganham URLs personalizadas e dispõe de suporte constante da Teachable, que não requer domínio de programação para que o usuário possa trabalhar. 

Preços

Essa é a parte que muita gente fica com medo, mas você pode ficar bem tranquilo em relação a preços na Teachable, começando com o fato de que, diferente de muitos concorrentes, essa plataforma oferece uma opção de plano grátis.

Teachable é bem transparente em relação ao preço de seus serviços e a tudo que está incluso em cada um. Por exemplo, para começar, o plano grátis só permite até 10 estudantes, enquanto que qualquer plano pago, por sua vez, está disponível para um número ilimitado de alunos.

Esse curso gratuito e todos os outros pagos compartilham algumas características em comum e é válido falar sobre elas para começar. Todos incluem os seguintes recursos: vídeos, cursos e hospedagem ilimitados; gerenciamento do estudante; processamento de pagamentos integrado; quizzes; isenção de taxa para cursos grátis; comentários, entre outros.

O primeiro plano pago se chama Basic e custa US$ 39 ao mês no plano normal e US$ 29 por mês na assinatura anual. Os recursos são os mesmos do plano grátis, com a adição de cupons de desconto para distribuir, domínio próprio e alguns outros recursos técnicos – acaba não sendo um plano muito popular, justamente por conta do próximo do qual falaremos.

Trata-se do Professional, o mais assinado de todos e que custa US$ 119 ao mês no plano normal e US$ 99 por mês na assinatura anual. A diferença para o anterior, porém, é gritante. No Professional o assinante tem direito a tudo que recebe nos planos inferiores e mais certificados de conclusão do curso, chat ao vivo, quizzes com notas, programa de afiliação integrado, URL sem a marca Teachable (se desejar) e mais.

O último e mais caro de todos os planos se chama Business e é indicado para usuários avançados, desenvolvedores profissionais e até mesmo empresas que queiram investir numa plataforma de ensino externa para seus colaboradores ou interessados de fora.

Esse plano custa US$ 299 ao mês no plano normal e US$ 249 por mês na assinatura anual e inclui todos os recursos da plataforma, ou seja, tudo o que já citamos e chamadas em grupo, planos customizados para cada usuário, customização avançada da página e 20 usuários ativos como administradores.

Como criar uma conta no Teachable

O procedimento é bem simples e intuitivo, como quase tudo que pudemos analisar do site. Aos alunos, basta encontrar seu curso e seguir o passo a passo para começar. Quanto aos clientes que querem criar seu próprio curso, basta clicar em “Create a Course”, na homepage, para começar.

O procedimento de criação da conta é o mais simples possível: basta inserir nome, endereço de e-mail e criar uma senha para passar a ser cadastrado. Logo em seguida, se assim quiser, o novo cliente já pode criar seu primeiro curso e dar nome a ele – antes mesmo de se preocupar em assinar um plano.

Métodos de Pagamento

Os usuários têm bastante liberdade para administrar a forma como lidam com dinheiro na Teachable, tanto para realizar seus próprios pagamentos para a plataforma quanto para receber de seus alunos, uma vez que o curso esteja funcionando oficialmente.

Os meios de pagamento com os quais Teachable trabalha são:

  • PayPal
  • Stripe
  • Cartões de crédito

Atenção: todos os pagamentos são feitos, processados e recebidos em dólares, e cabe ao usuário fazer a conversão dos valores utilizando os meios citados acima nas plataformas específicas de cada um.

Como funcionam os cursos do Teachable

Se você chegou até este ponto do texto, já deve ter ficado claro ao menos uma boa parte de como funciona um curso criado na Teachable. Agora vamos dar detalhes um pouco mais pormenorizados para que não reste nenhuma dúvida.

Os criadores de cursos, independendo do plano que assinarem, receberão sua própria página para customizar da maneira que acharem melhor. Isso significa poder inserir textos, imagens, vídeos e links à vontade e, dessa maneira, desenvolver seu conteúdo da maneira que acharem melhor.

Já os alunos só precisam buscar pelo tema sobre o qual desejam estudar e seguir o passo a passo de criar sua conta e fazer o pagamento para obter acesso às lições. Dependendo do nível da assinatura do desenvolvedor, o aluno terá mais ou menos recursos complementares ao conteúdo básico, incluindo aí quizzes de progresso, certificados de conclusão e mais.

Teachable oferece suporte e monitoramento 24 horas por dia, 7 dias por semana, de modo que nem usuário, nem desenvolvedor se vejam desamparados. Um adendo: é possível separar os cursos da chamada escola (Teachable School), isto é, a página funciona como uma escola e, dentro dela, o cliente insere seus diversos cursos, sem limite de quantidade ou hospedagem.

Conclusão

É difícil encontrar defeitos na Teachable, então a conclusão acaba sendo uma das mais positivas o possível. O site é de um layout limpo e convidativo desde o primeiro momento, algo especialmente importante para quem está acessando pela primeira vez.

Os pagamentos, cobrados em dólares, podem assustar um pouco, especialmente nos planos avançados, mas estes são pensados para quem realmente quer fazer da Teachable sua fonte de subsistência principal, e isso se justifica. Além do mais, o fato de existir um plano grátis com excelentes características conta muito ponto a favor.

Explore à vontade as possibilidades oferecidas pela Teachable, pois a chance de a solução que você buscava estar lá é muito grande. Essa empresa de Nova York é um dos nomes mais fortes no mundo no seu segmento, e isso definitivamente não é à toa.