Categories
Plataformas de Cursos Online

Portal Educação: é bom?

a gigante brasileira dos cursos online
prós, contras, valores e mais
⭐⭐⭐⭐⭐

O que antes era apenas uma comodidade atualmente se tornou necessidade, e isso é aprender sem sair de casa. Não são poucas as opções para usuários brasileiros e estrangeiro no quesito aprendizado pela internet, mas são poucas as que são sérias o suficiente para crescerem e imporem respeito com sua mera marca.

Quando o assunto é educação à distância e cursos online no Brasil, o Portal Educação ainda é o nome a ser batido. Criado em 2001 e atualmente parte do poderoso grupo UOL através do UOL EdTech, essa plataforma ostenta com orgulho o título de maior do país.

Tendo iniciado como simples site de cursos livres, o Portal Educação atualmente oferece cursos de pós-graduação em parcerias com universidades, cursos de inglês com certificados válidos e ainda opções de aprendizagem técnica ou simples aperfeiçoamento. A seguir, então, vamos dar uma olhada nessas opções e todos os detalhes.

O que o Portal Educação oferece?

O Portal Educação é o maior do Brasil e não é à toa: estamos falando de uma oferta enorme de cursos com muitas áreas diferentes de expertise. Tanto é assim que a plataforma se subdivide em 12 grandes categorias, e dentro de cada uma delas os interessados encontram subcategorias e cursos dentro destas. Essas áreas principais são:

  • Administração e Negócios
  • Cursos Técnicos
  • Educação
  • Saúde
  • Renda Extra
  • Idiomas
  • Conhecimentos gerais
  • Comércio e Indústria
  • Marketing e Design
  • Tecnologia
  • Engenharia e Construção
  • Biologia

Vale ressaltar que os cursos técnicos, especificamente, são quase que uma categoria à parte, muito por serem de longa duração. Os interessados em mecatrônica, contabilidade, segurança do trabalho e outros vão se encontrar aqui. Note que essa área técnica é mais cara, complexa e longa, tanto que nenhum curso conta com menos de 920 horas de duração.

Existe também uma categoria especial de cursos na área médica oferecidos em parceria com a USP, especificamente a HCFMUSP, que são altamente especializados e requerem conhecimento prévio, incluindo aí ofertas de simpósios neurociência, oncologia, endocrinologia e muitos outros.

É para o público geral, porém, que a grande maioria das opções é voltada. Fora os idiomas, cuja área cobre basicamente inglês e espanhol (talvez um ponto fraco do Portal Educação, que ainda não tem opções de outras línguas). Quando o assunto é conhecimentos gerais e negócios, principalmente, é que a plataforma mostra as garras. 

A parte de gestão de negócios é de longe a mais completa, uma vez que os potenciais alunos vão encontrar subáreas de RH, Contabilidade, Vendas, Estatísticas, Empreendedorismo, Liderança e o que mais a imaginação permitir dentro dessa vasta área.

Já os conhecimentos gerais podem abranger um público enorme, uma vez que são oferecidos cursos desde criatividade musical, passando por qualidade de vida e chegando até a desempenho sexual e maternidade – isso dá uma boa noção da amplitude educativa com a qual o Portal Educação trabalha.

Preços

Não é difícil encontrar sites especializados em cursos de todo o tipo internet afora, e a maioria dificulta quando o assunto é preço – uns por trabalharem com valores exorbitantes dependendo da área (tecnologia, TI, programação e afins lideram nesse sentido) e outros por simplesmente esconderem os preços dos interessados no seu site.

Por sorte o Portal Educação é transparente nesse aspecto, e cada um que entra no site se depara com as informações mais importantes de cada curso logo de cara, isto é: preço, duração e conteúdo básico oferecido.

É difícil precisar um valor médio com o qual o site trabalhe, já que estamos falando de centenas de cursos individuais, cada um com sua duração específica, conteúdo próprio, grau de dificuldade e requerimentos prévios e, portanto, preços únicos.

Existem cursos gratuitos e outros que se tornam gratuitos a partir de uma assinatura fixa do programa portal Play do Portal Educação. Este programa, vale dizer, é uma opção muito interessante para quem está afim de fazer não um, mas vários dos cursos da plataforma.

São três planos oferecidos no sistema Portal Play, todos em regime anual, e os preços são de R$ 44,90 (limitado a uma área de ensino), R$ 46,90 (limitado a duas áreas de ensino) e R$ 49,90 (acesso a todos os cursos, menos o curso de inglês, os técnicos e os da parceria com a HCFMUSP). Esses valores são mensais.

Já os cursos individuais encontram muita variação de preço, sempre dependendo das suas características técnicas e duração. Um curso simples de como organizar malas, com duração de 10 horas, custa R$49,90, enquanto que um avançadíssimo Curso Preparatório para Título Superior em Anestesiologia da USP, de 200 horas, ultrapassa os R$ 3.500.

Como criar uma conta no Portal Educação

Como citamos, existem duas formas de aproveitar os cursos oferecidos pelo Portal Educação, que é através da assinatura dos planos do Portal Play, que já discriminamos neste artigo, e também optando por cursos individuais. Para ambos os casos, porém, é necessário criar uma conta na plataforma.

Novos usuários só precisam clicar no botão “cadastre-se” e, em poucos instantes, já serão parte do Portal Educação. É possível linkar as contas de Facebook ou Google à plataformas, de modo que a entrada aconteça com apenas um clique. Se preferir criar uma conta nova, porém, o usuário só precisa de um e-mail e senha – simples assim. 

Uma vez dentro do Portal Educação, o procedimento para começar a cursar é o mesmo. Seja optando pelo curso individual ou por um dos planos do Portal Play, o interessado só precisa clicar para adquirir o produto e será encaminhado para uma página onde deverá inserir seus dados pessoais, como nome, telefone e CPF e em seguida fazer o pagamento do produto adquirido, ou seja, informar os dados do seu cartão.

Métodos de Pagamento

Os métodos de pagamento só serão listados no momento da compra, e isso é ponto negativo para o Portal Educação, uma vez que só existem dois meios e os interessados podem descobrir em cima da hora que não conseguirão fazer a assinatura caso não trabalhem com eles. 

Esses métodos são: 

  • Cartão de crédito
  • Boleto bancário

O Portal Educação, embora ofereça alguns cursos grátis, não trabalha com testes gratuitos dos seus produtos, da mesma maneira que não aceita pagamentos como PayPal ou carteiras digitais, algo que poderia ser revisto, ainda mais em se tratando de um site estabelecido há quase 20 anos e do porte que é.

Como funcionam os cursos do Portal Educação

Não importa qual tema você irá estudar, todos os cursos do Portal Educação contam com o mesmo conjunto de recursos de aprendizado, avaliação e certificação (exceto os de parceria com a USP, que seguem regras próprias, mas ainda assim têm muito em comum com os outros).

Todos os alunos, do momento em que o pagamento é confirmado em diante, obtêm acesso a conteúdo online para estudo, material em PDF para download e chat para trocar experiências com colegas de turma. Embora a duração varie de curso para curso, todos eles respeitam a seguinte tabela:

  • Carga Horária de 01 a 80 horas: Duração de 30 dias
  • Carga Horária acima de 100 horas: Duração de 60 dias
  • Cursos Profissionalizantes: Duração 180 dias

Assim que se sentir preparado e tiver explorado ao máximo os recursos do curso, é preciso fazer a avaliação final, uma prova única de 10 questões de múltipla escolha, com duração de 1 hora, e na qual o aluno deverá obter aprovação de pelo menos 60% – ou seja, acertar seis perguntas. No caso dos cursos profissionalizantes, serão 20 questões e a duração será de 120 minutos.

Em caso de reprovação, não fique aflito: é possível fazer novamente a avaliação sem custos, contanto que o prazo do curso não tenha sido estourado. Essa regra não vale para os cursos especiais em parceria com a HCFMUSP, note bem.

Uma vez finalizado o curso e feita a prova com sucesso, o aluno recebe o tão almejado certificado digital, que fica disponível para impressão e sem limitação de cópias.

Conclusão

Sem dúvidas que o Portal Educação merece o posto de prestígio e destaque que tem no segmento de EAD e cursos livres online em geral. As opções são vastas, o material é extenso e a flexibilidade dentro de cada curso ajuda alunos com horários complicados, algo que vale ouro em dias como os atuais.

Os certificados, embora não sejam o equivalente ao diploma de um curso superior ou coisa parecida, certamente agregam um valor precioso a qualquer currículo, e o fato de o aluno ter mais de uma chance de obtê-lo, caso não passe na primeira tentativa na avaliação também é um belo gol do Portal Educação.

Contando com todo o poder e estrutura da UOL por trás, talvez inserir novos métodos de pagamento e investir mais pesado nos idiomas (área especificamente cuidada ela UOL, que oferece o curso de inglês da plataforma sob sua própria marca) fosse inteligente. Ainda assim, o Portal Educação continua sendo, e com propriedade, a primeira escolha de muita gente, e agora fica claro o porquê.