Categories
Plataformas de Cursos Online

Coursera: é bom?

formação remota, instituições de renome
prós, contras, valores e mais
⭐⭐⭐⭐⭐

Plataformas digitais de educação a distância são muito práticas, mas muitas delas oferecem cursos “livres demais” para a demanda dos internautas – quer dizer, uma instrução informal para pessoas que buscam conhecimento formal e bem-estruturado.

Coursera supre a demanda por cursos remotos com credibilidade acadêmica em nível mundial. Essa empresa foi fundada em 2012, por dois professores da prestigiada universidade norte-americana de Stanford – Andrew Ng e Daphne Koller. 

O corpo discente registrava 47 milhões de membros em 2019 e o corpo docente reúne mais de 190 universidades e empresas de referência. As universidades de Michigan, Penn, Stanford e o Imperial College de Londres são algumas das instituições de ensino. Google e IBM são as principais parceiras empresariais. 

O que a Coursera oferece?

Embora ambos os fundadores sejam acadêmicos de ciência da computação, a plataforma de cursos oferece lições livres, formações e especializações em várias áreas de conhecimento. Os principais temas e habilidades em destaque na plataforma hoje são:

  • Ciência de dados
  • Negócios
  • Ciência da computação
  • Desenvolvimento pessoal
  • Tecnologia da informação
  • Ensino de idiomas
  • Matemática e lógica
  • Ciência física e engenharia
  • Saúde
  • Ciências sociais
  • Artes e Humanidades

Todas essas áreas de conhecimento abrigam cursos de diferentes formulações bastante diversas. Confira a seguir os tipos de abordagem dos assuntos dessas áreas de conhecimento – elas vão das mais práticas às mais teóricas, passando também por abordagens mistas.

Cursos comuns são as formações livres do Coursera. Em regra, têm duração mais breve do que os outros produtos educacionais oferecidos na plataforma e um custo mais reduzido (veja mais detalhes a respeito na seção seguinte).  

Os projetos guiados são outro produto educacional da Coursera. Essa abordagem mais prática a talentos úteis a profissionais de diversas indústrias dura até duas horas e é mais interativa.

Especializações são cursos mais próximos da formação acadêmica formal, mas num ambiente virtual. Cada especialização é voltada ao ensino de uma habilidade profissional específica, concatenada em diversos módulos. A duração total vai de 4 a 6 meses e a conclusão dos cursos rende um certificado ao aluno.

Certificados profissionais são ensinos altamente específicos. O ensino dessas habilidades é oferecido por Google, IBM, SAS e outras instituições parceiras. Esse é o tipo de certificação que mostra a grandes contratantes que o aluno está apto a aplicar conhecimentos técnicos e profissionais, mais do que acadêmicos no sentido amplo.

MasterTrack é um certificado de mestrado online. A ideia aqui é baratear esse tipo de conhecimento bastante específico, publicando-o num formato mais flexível, interativo e acessível. Portanto, esse produto educativo é dividido em módulos de adesão imediata, que originalmente compõem o curso de mestrado de uma instituição de ensino superior. Caso passe no processo seletivo de um mestrado, o aluno pode abater do curso seus créditos obtidos com o MasterTrack.

Por fim, há as graduações. Nesse tipo de ensino é que as grandes universidades emprestam seus nomes em peso ao conteúdo lecionado. Afinal de contas, todo o currículo é formulado e ministrado por professores de instituições de grande expressividade em suas áreas. O ensino é online, mas flexível, e dura o tempo de uma graduação universitária convencional – 1 a 4 anos de estudo. Tanto o bacharelado quando o mestrado podem ser obtidos dessa maneira.

Preços

Os preços na Coursera são variáveis, conforme os termos da instituição que oferece o curso escolhido e conforme o tipo de aula em que o cliente tem interesse.

Os cursos comuns custam a partir de US$49, dão direito a um certificado e duram de 4 a 6 meses. Embora não sejam a maioria, há também os cursos gratuitos que se encaixam nesse tipo de aula – com a diferença que não geram um certificado ao final das lições.

Os projetos guiados têm uma estrutura mais “episódica” e breve – e os custos acompanham essa lógica. Os preços praticados nessa modalidade são menores, com o valor mínimo de US$9,99.

As especializações têm uma duração longa, mas podem sair proporcionalmente mais em conta do que os cursos comuns. Os preços praticados atendem a marca mínima de US$49 por mês.

No caso dos certificados profissionais, os preços partem de US$49. Ao final do curso, o aluno obtém um certificado que pode ser compartilhado.

O MasterTrack tem o preço relativamente alto em comparação com as opções listadas acima. O preço inicial dos cursos de certificado MasterTrack partem dos US$2 mil e podem ter o pagamento parcelado.

A graduação segue o padrão de precificação de cursos acadêmicos tradicionais, com valores altos – ainda que competitivos com cursos desse gênero fora do ambiente online. Os valores giram em torno de US$9 mil por todo o curso. Também aqui há a opção de pagar em parcelas.

Como criar uma conta na Coursera

A criação de conta na Coursera é facilitada, como na maior parte dos contratos digitais de grandes empresas inteligentes online. Logo no topo da página, o internauta encontra o botão “Join For Free” – ou seja, “participe gratuitamente”.

Clicando no botão, basta informar o nome completo, o endereço de e-mail e uma senha para criar uma conta.

O usuário poderá personalizar seu perfil de aluno, com fotografia e outras informações que julgar razoável dispor. 

Caso opte por contratar um curso pago, o usuário deverá escolher um método para pagamento a fim de remunerar o contratado pelo serviço prestado. A seguir, confira quais os meios aceitos pela Coursera para pagar pela instrução.

Métodos de Pagamento

Os métodos de pagamento da Coursera são variados. No caso da opção por cartões de crédito, os clientes podem recorrer às bandeiras:

  • Visa
  • MasterCard
  • Discover
  • JCB
  • American Express

Visa e MasterCard também podem ser utilizados por pagantes que preferem o método do débito em conta.

Alguns países também são agraciados com a possibilidade de usar o PayPal para pagar pelos cursos. Infelizmente, até o momento o Brasil não se encontra nesse rol de nações.

Como funcionam os cursos

Os cursos são ministrados por meio de vídeos. Muitos deles são gravados, mas também há aulas online. No caso dos vídeos gravados, cada módulo é composto por uma série de vídeos breves, cada um com fragmentos de um assunto do curso. Esses vídeos podem ser intercalados com leituras ou espaço para exercícios.

Devido aos tópicos de ensino e aos produtos de ensino ofertados no Coursera serem bastante diversos, o formato dos vídeos e a quantidade de intercalação podem variam grandemente. Alguns vídeos têm viés mais conceitual, enquanto outros se assemelham mais a instruções práticas. 

As gravações dos vídeos não são padronizadas, pois são elaborados por professores de diversas instituições de ensino ou da indústria, com perfis diferentes. Por isso, alguns podem ter estrutura mais formal, ao passo que outros se parecem mais com uma conversa. Não é incomum que os vídeos tragam elementos gráficos explicativos para melhor a absorção do conteúdo – como lousa digital ou ilustrações.

Os exercícios podem assumir o formato de testes com correção automática na própria plataforma do Coursera ou trabalhos com perfil mais individualizado, remetidos aos professores. 

A presença de material de apoio também varia grandemente. Podem ser ofertadas apostilas ou apenas listados textos de leitura recomendada ou obrigatória.

Por fim, o uso de comunidades de discussão é estimulado. O corpo estudantil pode entrar em contato, discutir ideias, estabelecer parcerias de estudo e esclarecer dúvidas. Muitos professores requerem a participação dessa maneira em seus cursos.

Sim, parece tudo muito vago, tendo em vista as formações ofertadas na Coursera terem perfis tão diferentes. Porém, basta visitar a página de cada curso para ter um raio-X do que vem pela frente em caso de contratação: 

  • Perfil detalhado dos instrutores 
  • Lista de aulas que compõem cada módulo
  • Nível do curso e o tempo estimado de duração
  • Nota do curso, atribuída pelos alunos
  • Lista extensa de perguntas frequentes respondidas
  • Idiomas falados (e quais as legendas disponíveis)
  • Informação sobre a flexibilidade dos prazos no curso.

Uma desvantagem para alunos brasileiros é o idioma inglês ser predominante em todas as funções da plataforma. Algumas plataformas de ensino já atendem ao mercado doméstico, mas o Coursera sequer oferece legendas em português na maioria de suas formações e grupos de discussão.

Conclusão

Coursera tem uma boa estrutura para cursos online e um gigantesco diferencial ao oferecer conteúdos formulados por instituições que são referência máxima no mundo acadêmico e na indústria da tecnologia.

Essa plataforma é a opção ideal de falantes de inglês interessados em aprender habilidades de tecnologia, idiomas ou profissionais para incrementar o salário ou aprimorar sua formação com cursos de qualidade difícil de superar – e grande renome. 

As opções de pagamento poderiam ser mais versáteis, mas não são ruins. A desvantagem principal para contratantes brasileiros é a cobrança em dólares, embutindo tributos e custos de transação internacional nos gastos com cartão de crédito.

A qualidade dos cursos da Coursera, evidentemente, vem mediante o pagamento de um certo preço. A depender das condições financeiras do aluno, os preços podem ser elevados demais, especialmente no caso da graduação. No entanto, a oferta de conteúdo educativo ainda é mais barata do que muitas formações convencionais e permite relações mais ou menos interativas – a depender do curso – de maneira online.