Categories
Hospedagem de Sites

Como escolher um serviço de hospedagem?

Na hora de escolher seu serviço de hospedagem, ou hosting, existem alguns critérios que é preciso levar em consideração. Antes de qualquer coisa, você precisa ter um bom conhecimento das suas necessidades, e saber o que você está esperando desse serviço.

Existem diversas empresas de hospedagem de sites no mercado, e é importante que sua escolha não seja impulsiva e tenha boas bases técnicas para que você não tenha problemas depois. Dedicar tempo e paciência para analisar os dados com cuidado agora é parte da garantia de sua tranquilidade no futuro.

Os tipos de hospedagem

Você encontrará três categorias básicas ao fazer suas pesquisas nas diferentes empresas que prestam serviços de hospedagem. Nós explicamos mais a fundo como elas funcionam no nosso artigo sobre o que é hosting, mas para relembrar:

Shared Hosting ou Hospedagem Compartilhada: um servidor é oferecido para um determinado número de sites em regime compartilhado. Existem regras e limites para que esse compartilhamento seja o mais justo possível para todos. Esse tipo de hospedagem normalmente é suficiente para a maioria das pequenas empresas e sites pessoais.

Dedicated Hosting ou Hospedagem Dedicada: um servidor é dedicado completamente para apenas um site, com toda sua capacidade de armazenamento, computação e controle à disposição para seu uso. Em contrapartida, o custo é bem maior.

VPS Hosting: nesse tipo de hospedagem, o servidor é ao mesmo tempo compartilhado e privado. Isso porque um servidor virtual, ou seja, gerado por computador, é criado de acordo com as necessidades do seu site, oferecendo mais controle e capacidade computacional conforme necessário. Em contrapartida, pode ser necessário um conhecimento técnico maior se você não está disposto a pagar pelo gerenciamento do próprio servidor.

A partir daí, é possível identificar os pacotes oferecidos pelas empresas de acordo com essas bases para definir qual a melhor opção para você. A principal coisa que pode mudar, além dos aspectos técnicos que serão citados logo mais, é o nível de gerenciamento.

Com o crescimento exponencial da demanda por servidores, a oferta de gerenciamento dentro da própria empresa de hospedagem vem crescido muito. Isso significa que, juntamente com a hospedagem do seu site, você assina também o serviço de manutenção. Esse serviço não está incluído nos pacotes básicos e, tradicionalmente, fica por conta do proprietário do site a configuração e manutenção diária dos aspectos de programação das páginas.

Ainda dentro desse guarda-chuva de serviços você poderá encontrar, entre outros, serviços de hopedagem:

  • especializados para usuários de WordPress, com recursos específicos dessa plataforma
  • especializados para e-commerce, com ênfaze nos recursos ligados à venda
  • hospedagem de domínio e e-mail, para aqueles que precisam do registro do seu site e e-mail personalizado (@suaempresa.com). Este serviço pode ser encontrado tanto separadamente como dentro de outros pacotes.

Hosting com Criação do Site

Nesse caso, o serviço é focado para clientes que necessitam de um modelo semi-pronto a partir do qual um site poderá ser criado em minutos, sem a necessidade de conhecimento em programação ou webdesign.

Embora limitado em certos aspectos, é o serviço perfeito principalmente para empresas que não possuem pessoal especializado para a área de web, empresas tocadas por indivíduos ou simplesmente empresas que buscam em sua presença online algo simples, visualmente agradável e eficaz.

Bandwidth e tráfico

Numa tradução literal, a palavra bandwidth poderia ser referida como “largura de banda”. Você pode pensar nela como um cano, que será mais largo ou mais estreito segundo o volume de água que irá passar por ele todos os dias.

Nesse caso, o volume é o tráfico, e esse número não é tão simples quanto o número de pessoas que acessam o seu site, apesar de esse número também entrar na conta. Para calcular o tráfico, você precisa fazer a seguinte continha:

Visitas por mês x Tamanho da página x Páginas por visita

Visitas por mês: número de acessos mensais ao seu site
Tamanho da página: o tamanho médio de uma página do seu site, como por exemplo 1mb, 500kb, etc.
Páginas por visita: Quantas páginas uma pessoa que visita o seu site acessa em média cada vez que o visita.

Portanto, se cada página do seu site tem, em média, 1mb, seu site tem cerca de 5 mil visitas por mês, e cada visitante acessa cerca de 2 páginas, a conta seria:

5.000 (visitas) x 1mb x 2 (páginas) = 10.000 mb, ou seja, 10 gb

Portanto, você precisa de um plano com, ao menos, 10 gb de bandwidth.

É importante lembrar que nessa conta, é melhor estimar pra mais do que pra menos: caso seu tráfico cresça mais do que o esperado ou caso seus cálculos estejam um pouco fora dos números reais, é melhor ter um plano que acomode esse volume extra, de maneira que seu site continue funcionando normalmente e sem turbulências para você ou seus clientes.

Storage ou Armazenamento

O armazenamento é exatamente o que parece ser: o espaço que você terá no servidor para armazenar seus arquivos.

Todos os arquivos que compõem seu site estarão armazenados no servidor para serem acessados pelos usuários. A maioria dos sites possui uma necessidade de no mínimo 20gb de armazenamento, principalmente aqueles que possuem arquivos de mídia como vídeos.

Você também pode encontrar nesse quesito a terminologia SSD. O armazenamento comum, sem nenhuma sigla associada, costuma o HD, o disco rígido, como aqueles encontrados em computadores pessoais.

O SSD é uma tecnologia mais moderna e mais rápida. A sigla significa “solid state driver”, por não possuir partes móveis como o mais robusto HD. Esse tipo de armazenamento é o encontrado mais comumente em smartphones.

A diferença para você que irá usar esses armazenamentos para seu site é a velocidade. O SSD costuma aparecer especificado nos pacotes oferecidos, já que a contrapartida de sua velocidade costuma ser um custo maior. Se não tiver especificação, é HD.

Você pode encontrar também a oferta de Armazenamento Ilimitado. Nesse caso, preste bastante atenção nas especificações do contrato. Por mais que o serviço de hospedagem esteja oferecendo recursos à vontade, existirá uma margem considerada excessiva, e isso vai variar de cada serviço.

Processamento

O poder computacional do serviço de hospedagem é muito importante, principalmente quando sua escolha é pela hospedagem do tipo VPS. A configuração do seu site precisa ser compatível com a capacidade do servidor. Ninguém gosta de um computador lerdo, nem em casa e nem online!

Normalmente, essa característica aparecerá como número de núcleos da CPU disponíveis para cada nível de serviço (em inglês, CPU core), acompanhado da velocidade de processamento de cada núcleo. Quanto mais núcleos disponíveis processando a mais alta velocidade, melhor.

Também é interessante avaliar a compatibilidade do servidor com os aplicativos que você usa no seu site, caso ele já esteja configurado antes de você contratar o hosting. Algumas empresas focam seu diferencial na compatibilidade com serviços como wordpress, (inserir outros exemplos). Isso não precisa ser o fator decisivo na hora da sua escolha, mas pode ser uma boa moeda de desempate.

Uptime

Essa é uma palavra que aparece muito em qualquer tópico sobre hospedagem de sites, mas não se assuste!

Uptime nada mais é do que a garantia por parte do servidor de que seu site estará no ar por aquela porcentagem de tempo.

Isso significa que, se o uptime da empresa é de 99%, ela garante que seu site não irá cair inesperadamente ou sofrerá qualquer tipo de problema em relação à hospedagem 99% do tempo. Na prática, isso significa que seu site pode ficar fora do ar por aproximadamente uma hora no período de um mês. Para um blog isso pode ser perfeitamente aceitável, já para uma empresa de planos de saúde, por exemplo, pode significar grandes transtornos. Nesse caso, o uptime precisa ser 100%.

Somente você pode decidir o uptime aceitável para sua empresa, e nas avaliações e testes realizados por nós, o uptime será sempre um item destacado. Conhecemos sua importância na tomada de decisão na hora de contratar um host.

Entretanto, preste bastante atenção nas exceções, o uptime não conta para manutenções agendadas e outros acontecimentos especificados por contrato. Você precisa estar atento a esses eventos e preparado para quando eles aconteçam.

Suporte

O serviço de suporte pode ser o determinante para os brasileiros na escolha do serviço de hospedagem. Embora existam dezenas de empresas com excelentes aspectos técnicos e preço, se o idioma é uma barreira instransponível para você a oferta cai consideravelmente, já que poucas oferecem suporte em português.

Mas não perca as esperanças: a oferta está sempre aumentando. Além disso, muitas empresas oferecem o atendimento em espanhol, além de uma dedicação para com um atendimento paciente e de qualidade, o que torna a experiência tranquila mesmo com certa dificuldade na comunicação.

Por telefone, chat, e-mail; em português, espanhol, inglês: somente você poderá decidir que tipo de serviço de suporte será essencial para sua empresa quando surgirem problemas. Esse item também é parte de nossa avaliação, desde os aspectos mais práticos até a atenção e dedicação dos atendentes. Para alguns serviços, esse é o diferencial que os destaca, enquanto para outros, existem outras prioridades em suas estratégias de negócios.

São diversos aspectos a se considerar, e uma vez decididos, é possível que você tenha que priorizar um ou outro detalhe para encontrar o pacote de serviços perfeito para você. Ninguém conhece suas necessidades melhor que você, e agora que você consegue entender melhor as terminologias utilizadas nesse mercado, vamos explorar quais são suas opções!